Quantidade de Páginas visitadas


    Nossa escola foi criada em 15 de fevereiro de 1926 com o nome de Grupo Escolar de Teixeira Soares. Este funcionava na travessa Heróis de Monte Castelo, nº 105, fundos da Igreja Matriz. Funcionou nesse lugar até 1940. Seu primeiro diretor foi o senhor Francisco Ogg, no período de 1926 a 1937. Em 19 de abril de 1941, foi inaugurado o novo prédio situado a Rua XV de Novembro, 413, com o nome de Grupo Escolar Ministro Gustavo Capanema em homenagem ao Ministro da Educação da época. A escola ocupava uma área de 5.500 m², sendo 224 m² de área coberta, dois corredores, oito salas, um gabinete, uma secretaria, duas instalações sanitárias, sendo uma para o masculino e uma para o feminino. Pelo decreto nº 2.916 de 06 de junho 1956 foi criado o Ginásio Estadual de Teixeira Soares, instalado em 01 de março de 1957. A partir daí ambas as escolas passaram a funcionar no mesmo prédio. Pelo Decreto nº 2927 de 07 de novembro de 1966, em ato publicado em Diário Oficial do Estado de 08 de novembro de 1966, o Ginásio Estadual de Teixeira Soares passou a denominar-se Ginásio Estadual João Negrão Júnior, nome dado em homenagem ao primeiro prefeito de nosso Município, senhor João Negrão Júnior. Seu primeiro diretor foi o Padre Ladislau Maibuk, o qual respondeu pela direção no período de 1957 a 1962. Em 1968, passou a funcionar a noite uma extensão de 5ª a 8ª séries. O Grupo Escolar Ministro Gustavo Capanema e o Ginásio Estadual João Negrão Júnior foram integrado na reforma do ensino nos moldes da Lei 5692/71, recebendo autorização para implementação de 1ª, 2ª e 5ª séries do curso de 1º grau em 1977, da 3ª 4ª e 6ª séries em 1978, da 7ª série em 1979 e da 8ª série em 1980. O plano de implantação do ensino de 1º grau foi homologado pela Resolução nº 1992/80, Parecer nº 121/80 de 01 de fevereiro de 1980. Pela Resolução nº 1358/81 de 08 de julho de 1981, foi publicado no Diário Oficial do Estado nº 1091 de 21 de julho de 1981, o Grupo Escolar Ministro Capanema e o Ginásio Estadual João Negrão Júnior passaram a constituir um único estabelecimento com o seguinte nome: Escola João Negrão Júnior – Ensino de 1º Grau. Em 1983 começou a funcionar o 2º Grau com o Curso Básica em Comércio. Pela Resolução nº 901/85 de 01 de março de 1985, publicada no Diário Oficial do Estado nº 1985 do dia 12 de março de 1985, fica reconhecido o Curso de 2º Grau Regular com a habilitação Básica em Comércio. Pela Resolução nº 164/85 de 09 de janeiro de 1986, fica autorizado o funcionamento da habilitação plena de Técnico em Contabilidade no Colégio Estadual João Negrão Júnior – Ensino de 1º e 2º Graus. A autorização ora conseguida fora de prazo de dois anos a partir do início do ano de 1986. Com a criação do Ensino de 2º Grau de 1983, a referida escola passa a denominar-se Colégio Estadual João Negrão Júnior – Ensino de 1º e 2º Graus sob a direção da senhora Alteny Maria de Lourdes Gubert Marquardt. Topo
     A partir de 23 de outubro de 1991, houve a municipalização do ensino de 1ª a 4ª séries. Em março de 1992 a professora Luci de Fátima Wiecheteck assume a direção de 1ª a 4ª séries e o professor Aroldo Basso continua com a direção de 5ª a 8ª séries e 2º grau. Pelo Protocolo nº 1477.096-8 a direção do Colégio Estadual João Negrão Júnior – EPSG solicita a autorização para habilitação de Magistério. Pela Resolução nº 2136/89 de 31 de julho de 1989 fica autorizado o funcionamento da habilitação Magistério pelo prazo de dois anos, com série única de ingresso nessa habilitação nos anos de 1989 e 1990 e cessação gradativa a partir do início do ano de 1991. Pelo Parecer nº 289/91 de 11 de dezembro de 1991 foi concedido o reconhecimento da habilitação Magistério neste colégio. Com a Resolução nº 3867/94 de 27 de julho de 1994 ficou autorizado o funcionamento da habilitação magistério com a implantação gradativa neste estabelecimento. O colégio mantém, de acordo com a especificação de cada um, o Ensino Fundamental (de 5ª a 8ª séries) criado e autorizado a funcionar pela Resolução nº 1358, publicado no Diário Oficial do Estado de 21 de julho de 1981 e reconhecimento do Estabelecimento pela Resolução nº 257 publicado no Diário Oficial do Estado de 30 de janeiro de 1985. O 2º Grau na modalidade de Educação Geral autorizado a funcionar pela Resolução nº 4009/95, tendo o término do mesmo no ano letivo de 2000, ficou reconhecido pela Resolução nº 3867/02 publicado no Diário Oficial do Estado de 11 de novembro de 2002, e o Ensino Médio autorizado a funcionar pela Resolução nº 3492/98 e também ficou reconhecido pela Resolução nº 3867/02 publicado no Diário Oficial do Estado de 11 de novembro de 2002. A renovação de reconhecimento do Ensino Fundamental foi pela Resolução nº 1829/07 no Diário Oficial do Estado 31/05/2007 e a renovação de reconhecimento de Ensino Médio foi pela Resolução 3009/07 no Diário Oficial do Estado de 24/08/2007. A sala de Recurso foi autorizado pela Resolução 3061/05 de 11/11/2005. Em 2005 iniciou o CELEM – Espanhol neste Estabelecimento de Ensino pela Resolução 2137/04, a qual foi revogada pela Resolução 3977/2006 de 24/08/2006. Em 2006 o Colégio passou por uma reforma geral. Atualmente o espaço físico é composto por onze salas de aula, sendo duas destas pequenas, uma sala para direção, uma sala para equipe pedagógica e mais três salas que são ocupadas para: uma para biblioteca, uma para secretaria e uma para sala de informática/vídeo, uma sala de professores, uma salinha para sala de recurso e apoio, que funcionam em dias alternados, dois sanitários para uso de professores e funcionários e dois banheiros para os alunos sendo estes um masculino com quatro sanitários e três mictórios e outro feminino com quatro sanitários e um chuveiro, um almoxarifado, uma cantina “cozinha”. Temos uma área coberta que é utilizada para apresentações palestras e outros eventos e contamos também com uma quadra coberta. Topo



Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito